Bisfosfonatos

As células do mieloma podem provocar enfraquecimento, fratura e até mesmo dissolução dos ossos. Os bisfosfonatos podem ajudar os ossos a se manterem fortes, uma vez que diminuem a velocidade desse processo.

Os bisfosfonatos padrões utilizados no tratamento dos problemas ósseos dos pacientes com mieloma são o pamidronato e o ácido zoledrônico. Estes medicamentos são administrados por via intravenosa, geralmente mensalmente. O tratamento com bisfosfonatos ajuda a evitar danos ósseos principalmente em pacientes com mieloma múltiplo.

Um efeito colateral raro, mas grave dos bifosfonatos é a osteonecrose da mandíbula, que pode atingir os dentes. Não se sabe ao certo porque isso acontece, portanto a melhor opção é preveni-la. O único fator que parece aumentar o risco deste problema é a cirurgia da mandíbula ou a remoção de um dente. Portanto, estes procedimentos devem ser evitados enquanto o paciente está em tratamento com bifosfonatos. Muitos médicos recomendam que os pacientes façam um check-up dentário antes de iniciar o tratamento. Se a osteonecrose da mandíbula ocorrer, o tratamento será interrompido.

Uma maneira de evitar esses procedimentos odontológicos é manter uma boa higiene bucal com uso do fio dental e uma boa escovação, além de exames dentários regulares. Qualquer dente ou infecções gengivais devem ser imediatamente tratados. Obturações dentárias, procedimentos de canais e coroas de dentes não parecem levar a osteonecrose da mandíbula.



Compartilhe no Facebook

Digite abaixo seu endereço de email para ficar informado sobre novidades, pesquisas clínicas, notícias e novos tratamentos. (Seu e-mail não será divulgado).
Após digitá-lo, clique em ENVIAR

Feito isso, acesse seu e-mail e confirme a mensagem que enviaremos até você



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *